História

Home / Queiroz Galvão / História
institucional

CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO UNIDOS

A Queiroz Galvão começou sua trajetória de sucesso com a fundação de uma pequena construtora em Pernambuco, em 1953. Juntos, os irmãos Dario, Antonio, João e Mário estabeleceram o negócio e iniciaram os trabalhos com pequenas obras de saneamento e pavimentação de estradas.

A entrada no cenário nacional da construção civil foi dada com a conquista de uma grande obra rodoviária no Estado de São Paulo. Aos poucos, com sua expertise, a empresa consolidou sua marca no país.

Ao longo de mais de seis décadas, a Construtora Queiroz Galvão modificou a paisagem brasileira de norte a sul, com projetos em todo o Brasil.

Com a conquista do mercado nacional já consolidada, a Queiroz Galvão expandiu suas fronteiras. Hoje atua na América do Sul, Caribe, África e Oriente Médio.

Para o futuro, a Companhia tem como principal meta manter seus valores alinhados à tradição e à inovação, sempre priorizando contribuir com o desenvolvimento do Brasil e de outras nações.

1950

Estação de Tratamento
Os irmãos Antônio, Dario, João e Mário de Queiroz Galvão fundam, em Recife, a empresa Queiroz Galvão Ltda. Dentre suas primeiras obras destaca-se a Estação de Tratamento de Água do Alto do Céu (PE).

1960

Pavimentação
A empresa conquista sua primeira obra para o Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER), hoje Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT): a construção de um trecho da BR-262, rodovia ligando Belo Horizonte, em Minas gerais, a Vitória, no Espírito Santo. Participa também da construção da Rodovia BR-376 (Curitiba-Ponta Grossa).

1970

Transamazônica
Com sede no Rio de Janeiro e rebatizada como Construtora Queiroz Galvão S.A., a empresa, que já tinha atuado na Estrada Belém-Brasília, inicia um projeto audacioso na região Norte: a construção da Rodovia Transamazônica. Além disso, participa de outros projetos desafiadores em barragens e hidrelétricas.

1980

timbauba

Investimentos na atividade de fruticultura, com produção e comercialização de alimentos, na agricultura irrigada e na agroindústria são realizados por meio da Timbaúba Agrícola S.A., empresa da Queiroz Galvão sediada em Petrolina, Pernambuco.

1990

rodoanel
A Queiroz Galvão ingressa no setor de concessões rodoviárias, com a Concessionária Rio-Teresópolis (CRT). Executa o projeto da Hidrelétrica Miranda, no Triângulo Mineiro, da Rodovia Carvalho Pinto, em São Paulo, e da Linha Vermelha, no Rio de Janeiro.

2000

FPSO Cidade Paraty
A Queiroz Galvão participa do ressurgimento da indústria naval nacional, construindo petroleiros, plataformas de exploração e produção e navios-sondas, nos Estaleiros Honório Bicalho e Atlântico Sul – o maior do Hemisfério Sul.

2010

Anos 2010
Constituição da Queiroz Galvão Energias Renováveis, uma empresa que já nasceu entre as maiores no segmento, com ativos de 810 megawatts de capacidade total.

Start typing and press Enter to search